Novo blog

ELTON MELLO ESTEVAM analisa obra literária de Victorio Codo

Breve análise da obra

“Da Montanha ao Pantanal”

Elton Mello Estevam (*)


De leitura suave e instigante, o livro de Victorio Codo evita cantilenas obsoletas e digressões inoportunas, transportando o leitor a uma atmosfera de intimidade com o autor, mesmo aqueles que não o conhecem. Além do mais, são verdadeiras aulas de geografia, biologia, cultura geral e, por que não, filosofia. Sim, a obra apresenta-se indiretamente filosófica no sentido de que instiga o leitor a uma reflexão sobre a sua condição e a dos demais ditos civilizados. Com efeito, a agradável leitura de mais essa bela produção literária, enveredando-se pela cultura indígena e cabocla, nos convida a refletir sobre os nossos próprios hábitos e costumes que, vistos sob a ótica do controle social, ilusoriamente nos afiguram os únicos possíveis.

No tocante à estrutura da obra, percebe-se que é produto de um escritor experiente e arguto, de espírito vivo, engenhoso, talentoso, perspicaz, sutil, que não se contenta com a simples narrativa do fato. Procura, antes, explicar as causas dos fenômenos relatados, sem, contudo, cair na amargura tediosa que abarcam muitas pesquisas que se tornam extensas demais. Destarte, o autor é breve e agradável nas suas explicações científicas e/ou históricas, enriquecendo ainda mais a obra, que transcende à narrativa casual. Parece-me, outrossim, que ele assimilou bem a lição de Graciliano Ramos: “A palavra não foi feita para enfeitar, brilhar como ouro falso; a palavra foi feita para dizer”.

Os fatos relatados são de singular curiosidade. Curiosidade esta que prende o leitor do início ao fim do livro, em um original e real suspense que não o permite levantar para ir pegar um copo d’água, sem antes completar a leitura do capítulo! De resto, com o término da leitura de “Da Montanha ao Pantanal” fica aquele gostinho na alma satisfeita, que só irá se dissipar ao sabor do vento e das horas...


(*) ELTON MELLO ESTEVAM é ubaense, 19 anos, universitário. É autor de Don Juan e o oráculo de Zeus, obra de ficção mitológica, realismo fantástico, em prosa, com comentário de Marum Alexander e Cláudio Estevam. Em Antologia, seu segundo livro, também edição do autor, Elton brinda o leitor com seus contos e textos filosóficos, que induzem a reflexão sobre o tema Ideologia. O jovem escritor tem diversos trabalhos, em prosa e em verso, publicados na internet e em periódicos locais. Interrompeu a produção do seu terceiro livro, Guia Pessoal Conhecimento do Mundo. Sobre Deus e o Diabo (teatro), que seria o quarto livro do autor, encontra-se em preparação.
-------------------------------------------------------

O texto acima foi lido na sessão solene da Aule de 01/12/2006, de lançamento do outro livro de Victorio Codo: A Odisséia da Família Napolitani Codo. O intérprete foi o talentoso garoto, estudante Francisco Brandão Teixeira do Rego.


domingo, 18 de abril de 2010

INSTRUÇÃO NORMATIVA - ELEIÇÃO NOVA DIRETORIA DA AULE

A TODOS OS ACADÊMICOS, PARA CONHECIMENTO.

Antonio Carlos Estevam
1o. secretário da AULE


ACADEMIA UBAENSE DE LETRAS
Casa de Antônio Olinto
Nulla dies sine linea
Fundada em 29 de julho de l983
Entidade de Utilidade Pública
Lei Estadual n. 9.249/86 – Lei Munic. n. 1.729/86
Av. Cristiano Roças, 163 – 2o. piso – UBÁ-MG – CEP 36500-000
e-mail: academiaubaensedeletras@yahoo.com.br

Ubá, MG, 13 ABR 2010

Senhor 1º Secretário e confrade Antonio Carlos Estevam:

Tendo em vista que a atual Diretoria da AULE (incluída a sua Comissão de Sindicância) terá seu mandato findo em 27 de junho do corrente ano, levo ao conhecimento dessa douta Academia que não é do interesse deste Presidente participar de qualquer cargo em qualquer chapa concorrente à sucessão, além do que, após a data mencionada, não poderei mais, por razões particulares, dedicar à AULE o tempo que ela carece e merece para continuar cumprindo suas relevantes metas.
Assim, solicito-lhe fazer saber aos demais confrades de nossa Academia que, no período de 01 a 31 do próximo mês de maio, estarão abertas as inscrições para apresentação de chapas concorrentes aos cargos estabelecidos nos Estatutos da AULE (Diretoria e Comissão de Sindicância), com vistas à condução da entidade no biênio 2010-2012 – chapas estas devidamente formalizadas através do e-mail: academiaubaensedeletras@yahoo.com.br
Para o processo sucessório e em razão de omissão estatutária, fica estabelecido que:
a) somente poderão concorrer e votar membros efetivos da AULE;
b) os membros efetivos residentes fora do Município de Ubá poderão também votar, pessoalmente ou por procuração legalmente instrumentalizada;
c) qualquer candidato poderá concorrer a um mesmo cargo ou a cargo diverso em mais de uma chapa;
d) no caso de haver somente uma chapa concorrente, esta só poderá ser eleita com, obrigatoriamente, no mínimo 50% (cinqüenta por cento) mais 1 (um) dos votos validados pela Comissão de Apuração.
Para dirimir dúvidas ou omissões, todo e qualquer candidato poderá e deverá consultar os Estatutos da entidade, disponíveis também no seguinte endereço eletrônico:
http://blogdoestevam.blogspot.com/2010/04/estatutos-da-academia-ubaense-de-letras.html

Para o dia 16 de junho, quarta-feira, às 17 (dezessete) horas, os membros da AULE ficam convocados para uma reunião, na qual a atual Diretoria lhes apresentará a prestação de contas de seu mandato.
A eleição se dará em reunião extraordinária especialmente convocada para esse fim, no dia 25 (vinte e cinco) de junho, sexta-feira, com início às 16 (dezesseis) horas e término às 19 (dezenove) horas, impreterivelmente, na sede do CVT, à Av. Cristiano Rôças, 163 – térreo, nesta cidade, e será realizada por votação secreta, seguida de apuração, no mesmo dia e local, a ser efetuada por Comissão de 03 (três) membros, escolhidos por sorteio, na ocasião, dentre os acadêmicos efetivos da AULE não participantes de qualquer chapa inscrita.
Consequentemente, conforme mandamento estatutário, a solenidade de posse deverá ser realizada pela própria Diretoria eleita para o biênio 2010-2012, da forma que melhor lhe convier, na primeira sexta-feira seguinte à data de sua eleição.
Confiante em suas providências para com a imediata divulgação do acima exposto, expresso-lhe os meus antecipados agradecimentos.

Saudações acadêmicas.

Mo. Marum Alexander
Presidente

Um comentário:

  1. Então, a partir de 28 de junho/2010 terá um tempinho livre, para se comunicar mais com seus amigos escritores. Que sempre te procuram pela Net e nunca o encontram, por estar sempre ocupado com trabalhos da AULE, que toma todo seu tempo. Que bom, gostei!! Beijos: sua mana preferida.

    ResponderExcluir